terça-feira, 6 de julho de 2010

É isso.

Tenho tanto dentro do peito, tantos gritos desesperados, "te amo" sufocados, xingos amaldiçoados; tenho tanto pra te falar, moça. Tenho uma alma toda pra te dar.
E porque que tem que ser assim? Porque você tem que fingir que não sabe e eu fingir que não ligo? O que há com a sinceridade entre nós, a coragem, a clareza do simples sentir e não sentir? Este sumiço dói, moça. Uma lágrima boba escorre de mim e a angustia toma conta de todo meu coração que já está há tempos apertado.
Porque tive que bancar a criança ousada que adorava brincar com fogo? Porque tive que ir mexer com coisa que meu coração não aguenta calado? Justamente eu, que nunca gostei de brincar com bonecas, agora brinco com sentimentos.

(E o mais doloroso: meus sentimentos.
Eu, você, todo universo).


P.S.: Textos raros por aqui, quanto mais eu sinto, menos consigo tirar de dentro de mim.

13 comentários:

Luciana disse...

É isso: Você não toma mesmo jeito, né?! Acho que você não nasceu pra calmaria, mas eu quero muito que você seja feliz. Por isso te dou broncas, criatura!

Dáa Oliveira disse...

adooooooorei o teu blog :)
te seguindo, beijos ;*

http://daaoliveira.blogspot.com/

Thais motta ~ disse...

Quanto mais você sente mais sincero ficam as coisas por aqui .

Adoro!

um beijão ;*

Milla disse...

Sabia que você ia acabar conseguindo postar alguma coisa :) A sua sinceridade geram textos maravilhosos :)

beijos

Maria Fernanda Probst disse...

Que perfeito.

Gabri disse...

Que liiiindo seu estilo de texto! Bem envolvente, e fácil rolar uma identificação.

É, quanto mais eu sinto, mais exponho. Meu melhores dias pra escrever são aqueles que eu estou na 'brisa', estou fora desse mundinho óbvio, não sinto nada.

Beijos, parabens pelo blog!
tô seguindo.

Ni ... disse...

Ah, você tirou sim... e como tirou...

Beijo e mais beijos

Tatiana disse...

Roberto Carlos:"Eu tenho tanto pra lhe falar, mas com palavras não sei dizer..."
A carencia nos transforma em criança assustada que acorda toda mijada.
belas palavras

Natália disse...

Fica tudo tão confuso. bj

Naiane disse...

estou COMPLETAMENTE apaixonada pelo seu blog.
Juuuro que já roubei pra mim um texto e já coloquei os créditos. MEU DEUS, CRIATURA!
Onde estavas esse tempo todo?

Seguindo.

Cenarioimaginario disse...

'' Tenho tanto dentro do peito, tantos gritos desesperados, "te amo" sufocados, xingos amaldiçoados; ''

Eu tenho isso, tudo engasgado, me deprimindo ...

Vi disse...

brincar com sentimentos é perigoso, sim.
adorei o texto *-*

se cuida :*

Dayane Pereira disse...

Escrever o que sente, expor o que sente de verdade, é que transforma simples palavras em sentimentos.

(;