sábado, 6 de novembro de 2010

O que está entalado.

Só pra desabafar mesmo: aquele dia que eu falei que eu havia cansado e iria embora, tudo o que eu queria era que ela dissesse algo do tipo "mas você é minha, lembra?". E tudo o que ela fez foi me incentivar à sair. Merda!

8 comentários:

Ana Bárbara disse...

Oi flor, tô fazendo uma visitinha e resolvi seguir. Gostei do teu blog :)

Beijos.

Ju Fuzetto disse...

Gostei daqui!!
beijocas

Folhetim Cultural disse...

Parabéns pelo blog e pelos textos... Tenho um blog chamado Folhetim Cultural gostaria que visita-se este é o endereço: informativofolhetimcultural.blogspot.com
Vamos trocar conhecimentos...
Ass: Magno Oliveira
Folhetim Cultural

gabs. disse...

oxe, detesto quando isso acontece.
de a gente querer um abraço, 'fica aqui' e recebe um 'pode ir'.
Merda mesmo :s

Rolando disse...

oi moça. estive por aqui. tudo blz? legal. apareça por lá. abraços.

Monique Larentis disse...

Vim visitar pela primeira vez, dei uma olhada. Muito interessante seus textos. Carregados de sentimentos e emoção. Lindos.

Lαís Pαmelα :) disse...

ele também me deixou ir embora, sem dar nenhuma importância.
beijos,
gostei do teu bloguinho.
:)

Eu, Thiago Assis disse...

por isso às vezes é melhor ser honesto e dizer o que realmente sente.. mentir pode levar o outro a se irritar.

=p