quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Coisa e tal

Me abraça forte que eu te perdôo.
Queria que esse não fosse o meu mantra quando as luzes do meu quarto se apagam e eu me torne só uma garota insegura e ridícula. Daquelas que sofrem por amor como se houvesse um par de mãos dentro do seu peito, fazendo suco cardíaco com seu coração. Se alguém quiser algum segredo meu, aqui vão dois: quando toca o telefone, eu tenho aquela esperança tosca de que ela não rasgou ou deletou ou queimou de vez meu número de telefone, e eu vi uma estrela cadente esses dias. Estava pensando nela e, meu Deus, como eu queria que não tivesse sido um desperdício!
A verdade é que por mais que eu a xingue pros meus amigos e logo em seguida tenha que amenizar porque eles estão entre matá-la e/ou me matar... a verdade é que eu me importo, e embaixo das minhas frases copiadas e cheias de sarcasmos, está um diálogo entre minha mente e meu coração, no qual a primeira diz: "dói, não?" e o segundo nem responde diante da obviedade da resposta.
Estou uma espécie de vidro temperado atingido por uma bala: completamente trincado. Com a aparencia e resistencia inteira, mas todos sabem... nas entranhas, aquilo não se passam de cacos que se negaram à cair. E a minha intensidade dói. E essa minha dúvida entre querer conversar e deletá-la pra sempre. Ficar ali com uma lamparina ou me cobrir com a capa da invisibilidade.
Dói saber que se alguma hora ela ler isso, eu vou estar completamente indefesa. Mas dessa vez não se trata dela se importar, e sim que, finalmente - de algum modo que nem fazia ideia - consegui desabafar.

4 comentários:

Fuve disse...

Tem um selo pra você no meu blog.

Tiêgo R. Alencar disse...

Se eu fosse essa pessoa, provavelmente me renderia às suas palavras. Que perfeito!

Um beijo :*

Lalá disse...

Amiga,

Que mega desabafo, espero que vc esteja melhor depois de colocar tudo pra fora!
Eu sei de toda a sua luta por essa pessoa, e sei muito bem que ela não te merece!

O dia que ela resolver se assumir e ver quão especial vc é será tarde demais!

Te amo, amiga ♥

Cyntia disse...

Lindas palavras!

A vida infelizmente eh assim, vc sofre decepcões, vc sofre por amor.