quarta-feira, 2 de março de 2011

Estranho mesmo.

Tem tanta coisa estranha por aí. Estranho, por exemplo, é termos tantas cicatrizes em nossas entranhas e ninguém ver nada. No máximo, percebem a sequela de um ou outro tombo, de um ou outro corte. Mas o que realmente é, quase ninguém nem sonha.



Ouvir todo meu histórico médico me deixa com vontade de chorar lá mesmo.

7 comentários:

Marcelo Mayer disse...

estranho mesmo é so ser-humano

Carolda disse...

fico feliz que muitas das minhas cicatrizes não se mostrem. Algumas delas devem ficar só lá dentro mesmo, não é todo mundo que está preparado para ver o pior de nós.

um beijo

NICKYSPLAN disse...

Oi, estava passeando pela net e vi seu blog. Bem, nao é assim que fazemos novos amigos? comentando no blog deles? hehe eu tabém escrevo. sempre que quiser passa la. posto todos os dias ^^

gabs. disse...

tem gente que passa batido e gente que vê batido.
pequenas diferenças.

Um brasileiro disse...

oi. estive por aqui. tenho que concordar com você. legal aqui. apareça por la. abraços.

germanda C. disse...

E se for uma pessoa como eu, que pouco se mostra, nem sequela se vê viu?! Complexo isso né ;$
bj ;*

manuela barroso disse...

E se a fizer mais feliz opino sim!
Mas, não sabe que passamos a vida a agradar ao outro? Sempre?
E que tal se nos agradássemos primeiro a nós?
Nós também precisamos de mimos, não é??Então, se ninguém nos mima...mimemo-nos!Façamos isso por nós, acredite!
Na medida em que nos amamos...os outro nos amam mais! Experimente!
E...vá! sorria!
Um abraço risonho!
manuela