quinta-feira, 18 de março de 2010

Sometime.

Às vezes eu me canso de ser sincera, e sou a mais falsa que posso ser; também me canso de ser errada, e acabo sendo a pessoa mais politicamente correta que existe. Às vezes eu me canso de viver, e morro por alguns minutos; também me canso da realidade, e aciono a minha esquizofrênia momentanea. Às vezes não aguento me segurar em pé e de cabeça erguida, então me jogo; também me esqueço de viver, e então eu começo a sobreviver. Às vezes sinto falta de te amar, e daí eu apenas penso que te amo, só por medo de confirmar que você já era faz tempo.

Mas, só às vezes.

3 comentários:

mary disse...

hum por favor me ensina como vc fez pra personalizar seu blog? eh q eu sou iniciante

Milla disse...

Às vezes...bom só às vezes pode ser, mas quando isso fica frequente chega a ser preocupante...acho que o meu às vezes está muito presente em minha vida nos últimos tempos, mas sei que isso ainda vai passar...eu gostei do texto *-*

beijos

Whiskley Lee disse...

Às vezes... de vez em quando...
O bom disso é que não é pra sempre.
Mas às vezes o momentâneo é tão bom que poderia durar né?!
Enfim...às vezes falo algo sensato...às vezes não. rs
Mas ficou muito bom o texto.
Me identifiquei principalmente com o final. =/
Beeeijos =*