quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

O tempo não leva tudo.

Stephen King escreveu: ‘O tempo leva tudo. O que você quer e o que não. O tempo leva tudo. O tempo arrasa tudo. E, no final, só resta a escuridão. Às vezes, encontramos outros nessa escuridão. E outras vezes, perdemos eles de novo’

Admiro muito Stephen King, e realmente não sou muita coisa para contradizê-lo. Mas, não concordo com ele, o tempo leva tudo, tudo que não está, para todo o sempre, encravado no fundo dos nossos seres. Nesse exato momento há pessoas na escuridão, há vivos mortos vagando pelo mundo, sem um único grão de amor e esperança na alma. Por ironia da própria vida, enquanto essas pessoas estão perdidas, algumas estão com um riso estampado no rosto, outras estão com a música no coração, há pessoas que mesmo com toda a tragédia do mundo as rondando, elas ainda se mantém de cabeça erguida, tem filhos voltando da escola, e pais indo para o trabalho, há mães abraçando seus filhos, alguém está sonhando com o futuro.
Há seis bilhões de habitantes na Terra, cada um com sua história, muitos na escuridão, muitos com tudo que precisam ao seu redor; e para casa um desses habitantes, o ‘tudo’ é muita coisa para ser tirada, a escuridão é a ausência de todo o sentimento que nos mantém vivos e ela não pode ser capaz de absorver esse tudo. Não por toda a eternidade, o frio e o breu do escuro pode até nos possuir por algum tempo, e realmente, para quem sente isso é muito tempo. E no final, penso que aprendemos que o mundo sempre dá voltas, e a vida também. A escuridão é medonha, mas afinal, o que seria da escuridão se não existisse a felicidade? Nós nunca conheceríamos, porque seria tudo igual.


P.S.: pessoas, vou participar do Tudo de Blog da Capricho, vi o e-mail ontem! Tenho que admitir, eu, literalmente, sai pulando pela casa, fiquei muito, muito, muito, muito³ feliz! Obrigada por me incentivarem. *-*

11 comentários:

Leninha.! disse...

Maria!!! que legal sou a primeira pessoa a postar aqui ( eu acho) te dando parabéns por ter sido selecionada no concurso da capricho!!!!
também tava concorrendo mas não fui selecionada quem sabe ano que vem, vê se me da umas dicas heis, seu blog ta muito legal!!!
tudo de bom pra vc!
té mais

Liiia disse...

Hey, parabéns again. E by the way, o tempo não leva nada, ele desloca o incurável do centro das nossas atenções, definitivamente.

beijos Marry.

Malú disse...

Tá no TDB! Eu também entrei esse ano, fiquei meega feliz. Acho que vai ser demais!
Vi seu blog na lista, adorei o nome e resolvi dar uma lida. Não é só o nome que é bom, não! Muito bom tudo o que li, gostei bastante :D
Vou voltar!
beijos*:

Isadora disse...

Primeiríssimo de tudo: Parabéns, de novo e de novo. Estou muitíssimo orgulhosa.

Segundo, o post tá mara como sempre, e eu também acredito em tudo que você escreveu.

Beiijos ;*

Maria Rita disse...

GEEEEEEENTE! MUITO MUITO MUITO OBRIGAADA PELO CARINHO!
Leninha, Lia, Malú, Isa... obrigada mesmo³! Tomara que esse ano seja muito bom, né?! hahaha *-*

.daia. disse...

adorei o que você escreveu!
agente é parcera de TDB agoraaa manow!
hauauhua

bjss;**

751 disse...

Parabéns, Marry!
Você merece, mesmo!

O pior é que os comentários sobre o texto eu falo com você no MSN HUAHUHA.
Tenho que parar com isso.
:**

Priscila disse...

Bem vinda Cara Caloura do TDB 2009

Sou Priscila Souza, pertenço a terceira geração de tudodebloguetes!

Entre na comunidade e aguarde pelo trote.

Até a liberação você deve obediência às veteranas.

Novamente: seja bem vinda and enjoy it!

Nicole disse...

parabéns por ter sido selecionada!

seja bem vinda ao time! tu vai ver como é divertido ser uma das blogueiras queridas do TDB! ;D

;*

Andressa C. disse...

Se você quer saber, eu concordo com voce que o tempo não leva tudo. Ele não leva a essencia, nem o que sentimos em cada momento. Podemos até esquecer o que uma pessoa falou ou fez, mas nunca o que ela nos fez sentir. ^^

Somos parceiras nesse longo ano do TDB09! \o/
Parabens pra nós ^^

beijoos!

http://naoperturbe.blog.terra.com.br

Julia disse...

AAAAH, caloura comigo? \\O
ps: linkei tú.