domingo, 6 de dezembro de 2009

A questão é o ponto de vista. [01]


Beatriz achava tudo dificil. Matemática era dificil e química, português, história e geografia também eram dificeis. Até que Beatriz conheceu Raquel e se apaixonou. Raquel era o sonho de consumo, uma espécie de Marilyn Monroe brasileira. O problema foi quando Beatriz percebeu que não daria certo, em hipótise alguma poderia haver algo entre elas. Então ela sofreu, sofreu tanto que não sabia se aguentaria mais. Dias depois, nas provas finais, todos reclamavam das funções, misturas, datas, fatos e acentuações, e todos perceberam que a única que não reclamava era Beatriz, que até mesmo parecia conformada com todos aqueles números.
Com toda calma que lhe restava, a garota explicava:

- Se você parar para pensar, os números são fáceis. Por mais dificil que pareça, se você se afundar nas contas, você achará a solução. O verdadeiro problema é quando se trata dos sentimentos, quanto mais você busca, mais você se afunda em areia movediça. Desapaixonar é tão dificil para quem tenta, quanto a matéria é para um leigo.

2 comentários:

Ailma Cintia! disse...

Ô Maria Rita..
Pelo menos a matemática tem uma fórmula, e os princípios são perfeitos!
Já a paixão.. Aff!
Melhor nem comentar!

Luciana disse...

Hahahahaha, sim, por isso prefiro os números. Coisas muito complicadas, essas, de sentimentos e pessoas.
Até porque " gosto de pessoas doces e situações claras, por isso ando cada vez mais só."