terça-feira, 10 de março de 2009

Não fale nada, please.

Era uma vez uma garota muito marota. Ela gostava de uma pessoa, e não assumia isso, pois estava com muito medo de contar tudo de uma vez só e perder a amizade. Ela sempre pensou que todos deveriamos assumir os nossos sentimentos, mas é que nesse caso, ela seria muito besta de acabar com tanta amizade, risos e confianças de uma forma tão desesperada. Além do mais, a pobre menina não tinha muita chance, pois a pessoa em questão tinha um rolo com outra e isso era tão confuso e mal para ela! Essa garota, que jamais teve vergonha de se assumir, teve que aprender a ficar bem quieta, mas ela não conseguia muito bem, sempre estava lá, jogando indiretas extremamente atrevidas para a pessoa perceber o amor que ela sentia. Mas, o que ela realmente queria, era liberar todo o sentimento, assumir sem medo o que ela realmente queria. A garota ainda não melhorou de todo esse medo e sentimento, mas pelo menos ela quer muito continuar com a amizade dessa pessoa, então ela está tentando ao máximo nem assumir nada. E é dificil, pois para Maria Rita, assumir as coisas é o que há. Sim, essa sou eu, muito prazer.


A sugestão (para o texto) foi de Mari Sávio, do http://the-nutcracker.blogspot.com. Seguinte: todo dia sai na mídia os encontros "às escuras" de Madonna e Jesus Luz. Eles não assumem o namoro, mas também não negam! A pratica, aliás, é comum entre as celebridades: muitos não assumem publicamente seus relacionamentos e vão burlando a mídia o máximo que puder.
E vocês? Já passaram por uma relação "não - assumida"? Já tiveram que namorar escondido ou manter o(a) paquera na surdina por alguma razão? O que leva alguém a não revelar publicamente seu par? Vergonha, medo, traição? Isso também rola com amizades? Alguém já teve que omitir ser amigo de alguém publicamente? Por quê?


Pauta para o site http://capricho.abril.com.br/blogs/tudodeblog/

P.S.: gente, esqueci como põe link bonitinho, perdoa!
P.S.: resolvi ser sincera ultimamente, abrir tudo. Menos, é claro, pra pessoa!

4 comentários:

ℓiiα, ♥ disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Nega. disse...

Será que eu sei do que você está falando? o.O

Marcela disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Marcela disse...

Eu te entendo. Sabe em quem eu me peguei pensando esses dias? No meu melhor amigo. E estava até pensando em como eu ia assumir pra ele que talvez eu quisesse mais que amizade. Pensei em tudo: no que eu tinha construído com ele até então, em como seria tratá-lo como mais que melhor amigo. Assumir, não havia outra palavra que expressaria melhor a minha falta de coragem de arriscar tudo. E foi inútil, sabe por que? Eu descobri que não teria graça nenhuma se ele fosse meu namorado/ficante. Eu o amo como melhor amigo, e amo até mais do que se fosse namorado, haha. Gatinha, ainda não esqueci que tô te devendo uma, viu? OASUIHDUAI Um beijão, e aqui tá peeeeeeer *-*