domingo, 19 de abril de 2009

Como um musical dos anos 30.

Quando eu acordar com 30 anos e não lembrar de boa parte da minha vida, quero que uma pessoa incrível esteja ao meu lado, me acalme, ligue a TV e eu veja toda minha vida como um musical dos anos 30. Quero ver quando aos 16 anos eu estudei sem parar até que aos 17 eu tenha entrado numa ótima faculdade de Direito. E quando aos 20 anos, eu viajei para Londres e conheci a J.K. Rowling, e deve ser por isso que eu acordei vendo o autógrafo dela pendurado na parede do meu quarto. Aos 25 anos eu quero me ver entrando em um Tribunal e vencendo um caso, e aos 26 eu quero viver com o amor da minha vida. E aos 28 anos eu resolva ter filhos, e aos 29 os gêmeos já estejam em casa. Até que não dê tempo de chegar ao finalzinho do musical, porque eu já vou ter 30 anos e os bebês estarão chorando, e tenha que ir ao trabalho, então eu repare que eu posso não ter tido a trilha sonora que mais quis, ou posso não ter aquele quarto legal que sempre quis, posso abrir o guarda roupa e pensar: “Nossa! Em uma única noite eu mudei até meu gosto!”. Mas, espero estar cheia de amigos legais e com alguns dos meus amigos de hoje em dia também, e que quando eu acabar de ver esse musical, eu vou olhar pra pessoa que está do meu lado e pensar: “Uau! Me superei!”.

Pauta para o Tudo de Blog: O que você faria se acordasse e já estivesse com 30 anos?

11 comentários:

Calvin disse...

Talvez esse, no fundo no fundo, seja o objetivo de todos. Não ser igual a você, ter gêmeos ou ganhar um caso. mas a essência, os amigos, o sentimento de superação.
Espero que quem mereça isso consiga. Quem pensa pra frente, não tem a mente parada, quem idealiza e FAZ algo pra que seja assim. E mesmo que não consiga exatamente como sonhou, que pelo menos saiba ver o que tem de bom do modo diferente.
É isso, espero reler na Capricho!
Adoro-te, blog da Marry :D
ahahahaha

Marcela disse...

Ai que lindo seu post amor :) Adorei a ideia do musical! E o futuro nos guarda muitas surpresas, né? Que você realize todos esse sonhos (certeza que vai). Beijão gatinha :*

Lud disse...

adoreeei marry!
principalmente o me superei! usiah
eu espero me superar também.
e mais tudo isso que tu disseste até chegar aos trinta. ficou ótimo :D
:**

b. disse...

Eu queria ter vivido nos anos 30...

Renata disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Renata disse...

uau mesmo. sinceramente, eu li alguns textos de pessoas que escreveram para essa pauta e o seu foi o melhor, sério, meus parabéns! adorei teu blog, beijo.

ℓiiα, ♥ disse...

E diz Marry que eu entrei numa crise disso uma semana atrás, hahahahaha!
E até escrevi um texto, mas não por causa do TDB, por causa da Addy de Private Practice! HAHAHHAAHAHAH
Eu e meus devaneios televisivos.

beijos :*
sauudades de ti pequeena.

Mylla disse...

muito bom o seu post!
um beijo

Ellen disse...

caramba, 30 anos?
é, acho que preciso começar a correr atrás do tempo! =)

cla. disse...

que lindo meu *-*

Débora Britto disse...

Nossa... e aqui estou eu aos 30 anos, lendo essas coisas que vc escreveu pq estava fazendo uma pesquisa no google e apareceu essa sua página. Nem sei quantos anos vc tem hoje, ou quantos tinha na epoca. Vc escreveu há uns 3 anos, né?!
Me deu vontade de te escrever... nem sei se pra quem vc é hoje, ou pra que era na epoca.
Também sonhei muito, fiz conjecturas, planos e devaneios.
Cheguei aos 30, tudo super diferente do que havia imaginado... a vida me surpreendeu de muitas e variadas formas... boas e ruins, faceis e difíceis, algumas delas, muito difíceis.
Hoje, do ponto onde estou, vejo que ser feliz é pra quem sonha mesmo... e quando acorda vai atrás... pra que tem atitude proativa, pensamento positivo e forte e pra quem não deixa que "o outro" dite o amannhã. Ser feliz é pra quem tem força de vontade, desejo e fé.
E te digo, querida pessoa que escreveu essas coisas tão lindas. Dá certo!!
Talvez não como nos planos, mas quando se olhar no espelho na maioria dos dias vai ser bom, muito bom!!
Sorte pra vc!! =)