sábado, 25 de julho de 2009

Poderosa e perigosa, Bones.





Tenho pensado muito sobre qual personagem seria, algumas vezes pensei em dizer sobre o House, em como a inteligência dele me deixa pasma, e em como me indentifico com a ironia e sarcasmo; outras vezes cheguei a pensar em falar sobre a Olivia Benson, no jeito que ela usa a emoção, mesmo na hora de ser racional. Há cada minuto eu sou algum personagem diferente, uma personalidade diferente.

Agora, qual personagem eu, definitivamente, seria?
Temperance Brennan, ou simplesmente Bones. Ela possui aquele jeito brilhante de pensar, diferente da maioria das pessoas, e ao mesmo tempo não sabe coisas que qualquer adolescente por aí saberia; atualizada e (meio) desinformada em tudo ao mesmo tempo. É a melhor antropóloga forense não só porque é a mais genial, ou a mais talentosa, mas porque realmente ama o que faz. Possui aquele jeito imprevisível, sempre quer ajudar as pessoas e não consegue demonstrar grandes sentimentos através de ações ou expressões, mas mesmo assim, tem paixão transbordando até no olhar e em gestos mais delicados; com aquele sorriso poderoso estampado no rosto, ela consegue ser muito mulher e muito garota quase ao mesmo tempo, não teve a adolescência mais badalada da escola, não é tão simpática e ama ser investigadora criminal mesmo não se dando muito bem com armas. O mais legal da Bones, é que de longe é talentosa e genial; de perto, desestruturada e toda cheia de defeitos. Assim como qualquer ser humano comum e incrível por si só, que eu me indentifico demais e admiro.
Pauta para o Tudo de Blog.

5 comentários:

The Ice Girl. disse...

E como se diz, vida e arte se copiam por ai...
Parabéns pelos textos.

Anne disse...

adorei o seu blog , comprei a capricho hoje e resolvi entrar aki pra ver e me apaixonei ;D'
HAHAHAHAHAHAHA'
parabéns *-*'

Calvin disse...

Sim, você tem mesmo uns pontos parecidos com ela. Mas, como eu já disse, você, por sí só, já é um personagem! Mas sei que a Capricho não entenderia. Ela teria que, no mínimo, estar online no msn todos os dias, ouvir teus surtos, confusões, descrições, comentários, críticas e repentinas depressões. Dai sim, ela saberia que, ser Maria Rita de Cássia Leronardo já é ser um personagem,(de uma história muito confusa,eu diria) e esse sim, é, definitivamente, igual a você :)

J. disse...

Eu sou fa de todas as series que vc possa imaginar. Amo demais Bones, aho que ela tem uma forma muito singular de pensar. Amei.
Se puder e quiser passa no meu blog.
bjbj
J.

darsh. disse...

nunca assisti essa série, e aquele ali na foto é o que fazia o angel?