quarta-feira, 11 de novembro de 2009

O que a saia curta (não) provoca.

Uniban, saia curta, expulsão, Brasil. Essas quatro palavras em uma mesma frase não fazem grande sentido. Muitos apontam que o problema seja a saia curta e a moça achar que estava arrasando. Mas, será?
Acho que o problema é que todos que participaram disso são pessoas que passaram em vestibular. Aprenderam todas as fórmulas e ortografias, mas não aprenderam a ter respeito com o próximo. Não aprenderam o que é liberdade de expressão; e também que o Afeganistão é um país pequeno lá da Ásia e não o maior país da América do Sul.
E saia justa mesmo, ficou a diretoria da Uniban, porque demonstrou que não sabia que mesmo as mulheres de saia curta tem direitos igual todo mundo e que por mais que a maioria esteja errada, os errados tem que serem punidos. Afinal, parece que o caso da saia curta tem muito mais a ver com civilização e mente pequena do que com uma saia curta.


P.S.: Texto sobre a garota expulsa da Uniban. Ontem vi o Debate MTV sobre isso, e é o que o Lobão disse: Os alunos que fizeram isso estão errados! Mas não é legal generalizar, galera!

12 comentários:

Calvin disse...

Minha opinião sobre o assunto é: O corpo é dela, a reputação é dela, o respeito acabado é dela. Expulsão??
Não há punição pior do que ser ridicularizada do que perder qualquer respeito que ela tinha. Não há punição pior do que o trauma de voltar à faculdade e ser linxada novamente. Cada um merece o tratamento que tem e ela merece usufruir das conseqüências de suas atitudes.

Rafael Cotrim disse...

A escola não deveria ter deixado entrar. Só isso. Bem como todas as escolas fazem. Chega no portão e diz: roupa curta não. Todo esse escandalo so faz com que esqueçamos temporariamente os problemas principais, como a política que ainda continua um CAOS! E a gripe suina que sumiu da vida das pessoas, ou melhor da mídia?! --"

Juliano disse...

É o Brasil. =/

Concordo com você e com o lobão.

Beijooos

wronGirl disse...

Man, acho que eles não tinham o menor direito de fazer aquilo. E comoa s coisas chegaram a essa proporção? Por causa de um vestido, que convenhamos, nem era tão absurdo assim. É absurdo. E esse é o futuro que o nosso país está formando pra si.

http://inspiracoes.freehostia.com/index.php

Jéssica Trabuco disse...

É.. a menina errou de ter ido com aquele vestido. Mas mais errados foram aqueles alunos inconsequentes. Meu deuss.. em que mundo nós estamos? Aquelas pessoas agiam como doidas, foram agressivas... será que aquele vestido afetou mesmo elas daquele jeito?
E a faculdade foi muito errada, deveriam ter advertido a garota e levado ela de lá, e não ter deixado ela na sala ainda.

Sinhá disse...

Olá,

Estou me formando este ano em Comunicação Social - Jornalismo, na universidade de Brasília (UnB). Meu trabalho de conclusão de curso, que faço junto com minha amiga Camila Gonzalez, é sobre a influência da internet na relação entre revista/ site Capricho e suas leitoras.Vi que você é leitora da revista e vim aqui te fazer um convite: Você poderia responder um pequeno questionário com perguntas sobre a Capricho? É rápido e fácil. Sua participação vai ser muito importante. Mas seu questionário ficará guardado conosco e apenas vamos apresentar os dados gerais da pesquisa, por exemplo, dizer quantas garotas são assinantes da Revista Capricho, etc.
Aqui está o link: http://www.encuestafacil.com/RespWeb/Qn.aspx?EID=611023

Ah! O questionário deve ser respondido individualmente e só uma vez, ok? Obrigada pela sua ajuda.

Flávia Drummond
Meu orkut: http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=2620217979927247123

Vitória Kubitz disse...

parabéns por ter seu texto escolhido na capricho!
Você merece!
;**

ℓiiα, ♥ disse...

A menina faz o que ela quiser, oxê!
Marry, saudades de ti! *-*'


beijo!

Natália disse...

Essa guria é ridicula! Beijos

Kelly Adriana* disse...

Uau! Concordo completamente com o que vs disse. Cada um é dono do seu nariz e usa a roupa que quiser. Afinal igualdade é respeito e direitos iguais para TODOS, independente da aparência, condição financeira ou roupas que vestem. Disseram que a garota manchou o nome da instituição, mas na verdade tudo isso foi parar na mídia graças a falta de respeito do alunos que ameaçaram linchar a moça. Se saia curta não é permitida na escola, isso diz respeito apenas à coordenação e não aos alunos, que demonstraram uma mentalidade do século passado.

Kelly Adriana* disse...

Uau! Concordo completamente com o que vs disse. Cada um é dono do seu nariz e usa a roupa que quiser. Afinal igualdade é respeito e direitos iguais para TODOS, independente da aparência, condição financeira ou roupas que vestem. Disseram que a garota manchou o nome da instituição, mas na verdade tudo isso foi parar na mídia graças a falta de respeito do alunos que ameaçaram linchar a moça. Se saia curta não é permitida na escola, isso diz respeito apenas à coordenação e não aos alunos, que demonstraram uma mentalidade do século passado.

akemi disse...

Eu acho que ela errou ao usar a saia, mas isso não justifica o comportamento dos alunos da Uniban. E ela conseguiu o que ela queria, fama, porque agora ela vai posar pra uma revista masculina, haha, seinceramente ? Garota perdida, não usa o cerebro mas usa o cú para conseguir dinheiro. Unf --'