segunda-feira, 26 de abril de 2010

Visão sintética.

Sem rima poética,
metida num mundo apático,
aquela garota patética
cheia de sentimento asmático.

6 comentários:

Marcelo Mayer disse...

rima sem retórica. muito bom!

Mariah disse...

hahaha, muito bom! ;D

Whiskley Lee disse...

Nossa!
Simples.
Bom.
Rápido.
E Fatal.
Adoreeei! *-*

Milla disse...

adoro quando você escreve textos assim, curtos mas cheio de significados...adorei :)

beijos

Vi disse...

curto, mas conseguiu expressar o que nem um milhão de palavrinhas mal escolhidas teriam expressado.
adorei *-*

jefhcardoso disse...

Olá Maria Rita! Venho agradecer por seu apoio ao meu blog e por conseqüência a minha escrita. Achei importante dizer o quanto me tem sido fundamental o seu incentivo. Assim, deixo aqui registrada a minha gratidão e lhe desejo uma ótima semana; com muita poesia e boas histórias; tudo em tempo real. (sorrio).

Abraço do Jefhcardoso