segunda-feira, 31 de maio de 2010

Dias de Luna #2

Porque ela queria ser igual Kate Walsh, ter a desenvoltura da Joplin, a profundidade da Lispector, a divindade da Hepburn, a criatividade da Rowling e a sensualidade da Jolie.

Ela queria tanto, mas tanto.. que nem reparava que atrás daquela imagem espelhada existia um pouco de cada uma.

4 comentários:

Luana Gabriela disse...

Nossa... primeira vez que passo aqui..achei o texto profundo, belo, divino...
Bjos

Milla disse...

Acho que a maioria dos problemas pode ser por isso, nós desejamos tantas coisas que não paramos para ver que talvez tudo aquilo está contido em nós..

beijos

Vi disse...

e quando queremos muito as qualidades dos outros, acabamos esquecendo as nossas. que pode valer tanto quanto.

se cuida :*

Dani disse...

Cativou-me com esse momento Luna.
Você acaba de adquirir uma fã. rs