quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Ignorance

Juro, achei que você tinha mais maturidade. Enquanto você me ignora desse jeito cruel e faz seu joguinho ridículo (que não vai resultar em nada), eu finjo que não me importo, talvez assim eu consiga andar com a cabeça um pouco mais erguida.
Mas não imagine você que tudo isso não será recipicro, te amar calada eu aguento, ser pisoteada por você e não falar nada, aí já é demais.

9 comentários:

May disse...

Ignorar não leva a nada, fato. E certeza que isso não vai mudar em nada o que já aconteceu. Odeio gente assim, ai.

Milla disse...

Algumas vezes..quando as palavras não fazem mas sentido e prefiro ignorar os sentimentos sentidos e aquele que me fez sentir..mas a ignorância nunca dura o suficiente e nunca acerta o ponto certo. é perca de tempo esse jogo..

Meu nome não é Johnny disse...

Ignorar nunca é a saída, embora as vezes pareça a única coisa que possa ser feita, grr Já tentei ignorar sentimentos e ganhei arrependimento em dobro!

Meu nome não é Johnny disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Madalena disse...

As pessoas que sentem necessidade de ignorar são as que não tem muita maturidade. Fazer joguinhos também não é muito avançado. Se quer um conselho, não vale a pena gastar tempo com pessoas assim. Adorei o blog. :*

http://inspiracoes.freehostia.com/index.php

Natália Corrêa disse...

Esse não é o tipo de jogo divertido de se jogar. Até o amor calado um dia acaba.

ℓiiα, ♥ disse...

Ounxi, eu ja disse que vamos passar por essa juntas?

Te adoro minha pequena!

Luciano de Sálua disse...

Tudo tem um limite, e o nosso bem estar, é o maior deles.

Bela disse...

A minha cara esse post leu minha mente!