quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Perdidamente achada.

Não vou chorar, nem vou rir. Seja por mim ou por qualquer um, simplesmente não quero. Para ser sincera, nem sei ao certo o que falar; está tudo saindo dos eixos, ou está entrando ao normal, nem se quer sei o que é o certo. Estou meio perdida, meio achada. Nesses últimos dias estou incrívelmente fria, quem diria. Na verdade eu sempre soube, enquanto ouvia a chuva cair, que um dia eu ficaria no meio termo, ouvindo e vendo tudo nitidamente, mas não querendo nem ver e nem ouvir.

13 comentários:

Felicidade Clandestina. disse...

te encontras escrevendo o/

o que é bom para os olhos e para
a mente.*

bom ,muito bom.

garota de unhas vermelhas disse...

Oi sou nova aqui, estou te add.
Sobre o texto, é realmente difícil quando está tudo como deveria e de repente saí dos eixos. Como se nada fizesse sentido ou talvez fizesse só não para você..
Espero que tudo volte ao normal para você ou que essa reviravolta se ajuste .
Beijos

Gabi disse...

Em momentos como esse, nada melhor que a terapia da escrita! :D

Juliano disse...

Tem certas coisas que nos tiram o ânimo. =/

Beijooooos

Milla disse...

As vezes eu me sinto perdidamente achada, acho que quando as coisas começam a parecer com facilidade nós nos perdemos por achar isso estranho demais...mas uma hora a gente se encontra :D

beijos

conectei disse...

Uauu, incrivel. Em poucas palavras podemos descrever nossas vidas. A escrita nos faz voar e nos livrar de coisas que queriamos, ou entao aquele pedaço de papel pode ser nosso psicologo ou ombro amigo, aonde podemos chorar enquanto desabafamos.

Beijos

Calvin disse...

Acho que sempre entre uma crise emocional e outra, você pára num momento frio e racional. É bom assim, porque, dessa forma,se prepara para mais uma turbulência de sentimentos que provavelmente seguirá depois. Mas, nao perdendo nunca,teu jeito confuso de sempre.

' Yasmin Ck disse...

Num momento onde não sabemos se isso ou aquilo, sentar e esperar, geralmente traz tudo as claras novamente.

http://yas.carly.zip.net/

Lola disse...

Isso realmente acontece! Tem horas que tudo tá diferente, estranho e a gente não acha graça em nada. Costumo chamar de 'Preguiça de Viver' quando tudo tá excendo os meus limites HAHAHAHA ;D

primaverasdesetembro disse...

pelo menos não é ao contrário.
E, sei que isso tb vai passar.

Flores

Mariana Andrade. disse...

e eu, que sempre me dei muito bem sendo fria, estou extremamente sentimental e vulnerável. quero voltar pra minha cápsula.
adorei o blog, encontrei na lista do TDB da Capricho.
vou voltar sempre, tô seguindo ;*

Bárbara Fróis disse...

Oi, adorei aqui! E vou voltar sempre tá. Hehehe
Bejos

Ananda Urias disse...

Esses dias são cruéis. Parece que a gente perdeu a esperança, né? Tipo, nada mais toca.. nem pro bem, nem pro mal. Tô te seguindo! Bejos