terça-feira, 27 de outubro de 2009

Quer saber?

Cansei de pedir desculpas por tudo aquilo que sou e que (ao mesmo tempo) não querem que eu seja. Não vou abaixar a cabeça somente porque não retribuo o seu sentimento, ou então porque eu sou a teimosia e a ansiedade em pessoa. Não sou normal, ser normal é chato, um tédio. Não me dou bem com números e esportes fisicos, mas fico horas mergulhada em palavras e pensamentos. Minha vontade é de subir em uma cadeira e berrar "Fuck you" para muitas pessoas que conheço e sou obrigada a conviver. Não sou boba, nem monga ou coisa do tipo. Na verdade, sou muito melhor (ou pior, depende do ponto de vista) que muita gente popular; só vou deixando eles ocuparem a cena e se acharem os reis, simplesmente porque está tatuado na testa deles que precisam dessa atenção falsa para sobreviver.
Enquanto isso, não vou me colocar em briga infantil de gente grande, não adianta me perguntar, pedir, suplicar algum partido. Meus pensamentos mais inuteis são bem mais importantes para mim. Cansei de fazer cara de quem fica surpresa com tudo, sei que não é verdade, sei que muita gente por aí merece troféu de inutilidade por ter tanta raiva boba dentro de si. Para que tanta raiva? Tanto ódio? Tanto preconceito ou exclusão? Me diga, garota, o que você contará para os seus netos? Você pulará as partes das briguinhas tolas e sua cara de coitada? Ou que você sempre foi chamada de corrimão de escada?
Ei, não espere que eu volte atrás por pensar que defender "paz e amor" não quer dizer que eu precise adorar conviver com essas briguinhas que eu tinha com 5 anos e agora preciso ver com quase 15.
Cansei de pedir desculpas por pensar e sentir desse jeito. Essa é a minha vida, essa é minha mente e minha voz. O palco é meu, me deixe fazer do jeito que eu quero, vou mostrar que branco e preto não são as cores mais bonitas de um quadro.

6 comentários:

J. Cobain disse...

Amei o texto, as vezes a gente cansa, explodi! E quem disse que ser diferente é tão ruim, o mundo é tolo porque as pessoas que vivem nele são tolas. Cada um tem sua vida, seu modo de pensar e tudo mais...

Gabi Petrucci disse...

Isso aê! :D:D:D
Como diria Pitty: "não é minha culpa suas projeções..."
Às vezes é bom colocar tudo isso pra fora e as palavras são as melhores amigas para situações como esta!

Milla disse...

amei! é exatamente o que tenho passado nos ultimos dias, só que eu nunca consigo engolir as provocações...ninguém merece ter que engolir tanto sapo em um dia só, né?

beijos

Felicidade Clandestina. disse...

Amei mesmo a forma como expressastes

as coisas .

É lido isso teu
:*

KEEP OUT BOY!ㅤ disse...

Convite!
Visite (e siga) o mais novo blog, só para garotas, com tudo o que você precisa saber, desde a vida dos famosos até como se divertir:
http://keepoutboy.blogspot.com/
Beijos…

Calvin disse...

Preto e branco podem até não serem as cores mais bonitas, mas não as fundamentais.
É lamentável ver e muito chato conviver com pessoas normais. Que bom que você não é assim e nunca seja é mesmo chato :P